Liberação Miofascial

Liberação miofascial

Esta técnica é aplicada por terapia manual ou através de equipamentos específicos em que se aplica uma pressão sobre regiões específicas do corpo. Ela atua na fáscia, tecido que reveste, integra e conecta as estruturas do nosso corpo, localizado logo abaixo da pele e se dividindo em diversas camadas que devem deslizar umas sobre as outras, preservando as funções fisiológicas e biomecânicas do corpo.

O objetivo da liberação miofascial é restabelecer a função da fáscia, redistribuindo cargas e tensões, permitindo assim que esse tecido desempenhe suas funções livremente.

Os Principais benefícios da liberação miofascial:

- Alivio das tensões;

- Aliviar dores musculares;

- Liberação dos movimentos das articulações;

- Melhorar a flexibilidade;
- Melhorar a distribuição da massa muscular;
- Melhorar a circulação;
- Otimizar a respiração;
- Promover mudanças progressivas nos níveis físicos.

Estas conectividades integradas são chamadas de trilhos anatômicos, que facilitam o movimento e proporcionam estabilidade através da miofáscia. Com isso, quando uma estrutura se movimenta, o corpo todo responde. Da mesma forma, se existe alguma restrição de movimento devido a alguma lesão ou DOR, por exemplo, todo corpo sofre alterações para se adaptar, chamamos isto de COMPENSAÇÃO. Sendo a fáscia um tecido que recobre todo nosso corpo, inclusive cada célula, e nossos órgãos, podemos chamar este tecido de “conectivo”.

Sedentarismo, traumas físicos e emocionais são algumas das causas das aderências, também chamadas de “nódulos”, entre estas camadas, gerando assim, dor e diminuição da amplitude de movimento.

O objetivo da liberação miofascial é restabelecer a função da fáscia, redistribuindo cargas e tensões, permitindo assim que esse tecido desempenhe suas funções livremente.

Voltar